The Pacific (2010)

Eugene Sledge (Joseph Mazzello)

Em 2001 eu assisti a Irmãos de Guerra (Band of Brothers) uma minisérie da HBO que tinha como produtores Steven Spielberg e Tom Hanks.  A minissérie mostra o treinamento dos soldados paraquedistas (Airborne Division) e a investida realizada pelos Estados Unidos no dia D durante a segunda guerra mundial.  Foram dez episódios que eu assisti em sequência, pois a narrativa, os personagens, a história, os efeitos especiais, tudo foi muito bom. Parecia um filme dividido em dez partes.

Nove Anos depois, Gary Goetzman se junta a Steven e Tom e decidem realizar uma nova série seguindo o mesmo estilo. Em 2010 eles lançam The Pacific (sem nome em português) e para a minha surpresa a história seria como a continuação de Band of Brothers. Após o ataque japonês contra Pearl Harbor os Estados Unidos entram na guerra e iniciam a investida contra os japoneses atravessando o oceano pacifico. Os protagonistas agora são os fulizeiros americanos, os famosos marines.

Os episódios começam com relatos de soldados que participaram das batalhas e com algumas cenas reais da época. Foi um aquecimento interessante querendo passar a ideia de que estávamos começando a assistir um documentário, e não uma série dramatizando eventos reais. Os protagonistas foram soldados escolhidos pela sua participação na guerra. Faço destaque para os soldados Eugene Sledge (Joseph Mazzello) e John Basilone (Jon Seda), tanto pela história marcante dos personagens quanto pela interpretação dos atores. Um detalhe interessante é que ator Joseph foi o garoto em Jurassic Park.

A narrativa é character-driven, ou seja, as cenas passam a experiência dos soldados em cada batalha vivida durante a campanha nas Ihas Salomão, assim como o dia a dia, o “cotidiano” militar, aonde vemos as doenças físicas e psicológicas que algumas pessoas enfrentam e também problemas pessoais que a guerra trouxe não só para os soldados, mas para suas familias e para os civís que estavam ligados ou não às batalhas.

Batalha de Peleliu

Com um orçamento de quase 200 milhões de dólares, é a série mais cara produzida até hoje na história. E ela faz jus a todo esse investimento, os efeitos especiais são de primeira, ao nível de filme hollywoodiano. Possui também uma boa história (gosto muito de histórias de guerra), com uma narrativa muito bem executada, e personagens fortes, com atuações excelentes.

Para quem curte histórias de guerra, recomendo firmemente a assistir Band of Brothers e The Pacific.

Comentários

  1. Fabio Farzat
    em 03/02/2012 01:40

    Confesso que só de você comparar com Band of Brothers já me convenceu: vou assistir! ;)

  2. Falha de caráter: Nunca vi Brand of Brothers e, tampouco, The Pacific.

    Tenho que correr atrás

  3. Pia Torres
    em 23/03/2015 07:44

    Não é o melhor do mundo, mas era muito bom, mas eu me sinto um pouco elitista, porque não é para todos, poucos entendem e muitos certamente não me importo. Esta série me fez lembrar de uma série de documentários chamada Vice (eu recomendo dar uma olhada em seu site oficial http://www.hbomax.tv/vice-3/) cujo tema aborda os problemas sócio-políticos de países como o Iraque, Rússia, China, etc.

Deixe seu comentário