Piratas do Caribe: Navegando em Águas Desconhecidas (Pirates of the Caribbean: On Stranger Tides)

Quem diria. Comecei o filme achando honestamente que um quarto enredo sobre Jack Sparrow (Johnny Depp) seria, além de um exagero, uma péssima forma de fechar o final de semana. E realmente o filme começa bem bananada. Várias das peças pregadas nos outros três filmes são vistas de novo e de novo.

O que acabou me fazendo assistir até o final é o fato de que o filme muda completamente passado seus 25 minutos iniciais (e olha que o filme é longo : duas horas e dezessete minutos). Daí, com novos personagens e o contexto
todo já colocado, voltamos a ter um filme próximo ao que foi o primeiro (ressalvas a parte). Finalmente falaram sobre missionários (até hoje nas sequências só maldições e afins, nada sobre o lado bom!), os Espanhóis (apesar de fazerem ponta) fizeram bonito e para finalizar as sereias. Gostei de forma “séria” como as colocaram no enredo. O ataque delas em grupo foi bem legal.

Piratas do Caribe Navegando em Águas Desconhecidas (Pirates of the Caribbean: On Stranger Tides, 2011) acabou mais como um bom filme do que outra coisa. Apesar de eu não gostar muito da farofada que a Disney sempre fez com essa história, insisto que foi uma feliz surpresa ver um enredo bem elaborado, com três camadas na história andando em paralelo, um bom elenco e finalmente: um vilão realmente mau! Rs. Em caso de dúvida sobre locar ou não este filme, recomendo como uma segunda opção. Vai distrair bem, mas só isso mesmo.

Deixe seu comentário