A grande virada

Quando vi o elenco desse filme, resolvi arriscar. Não pelo talento (excluo aí o Tommy Lee Jones) e sim pelo custo. Como não vi trailer e nem sequer “quicou” no cinema aqui no RJ, resolvi tentar. Afinal alguns bons roteiros acabam não caindo no gosto popular e vão direto para a distribuição.

A GRANDE VIRADAO filme trata da recessão americana que deu origem a crise financeira internacional de 2009, que se arrasta até hoje. O foco principal é em como isso afetou as vidas das famílias americanas. Desde altos executivos até os gerentes e analista, eles vão sendo cortados do quadro de uma companhia chamada GTX, onde a maioria deles trabalha já há algumas décadas. É no mínimo curioso acompanhar essa “queda” de alguns integrantes da empresa e ver como lá, de certa forma, a coisa é muito parecida.

Apesar de não ter um soco, um tiro e nenhum efeito especial eu gostei do filme. Simples, sem muita enrolação e passando o que a sinopse prometeu. Coisa bem difícil hoje em dia. A grande virada (The Company Men, 2011) é um filme para quem gosta da sétima arte, do contrário pode ser um pouco deprê. Mas eles tentam não deixar assim com um leve empurrãozinho ao final do filme …

Comentários

  1. irmão, segui sua indicação e assisti ao filme, realmente muito bom, bem objetivo e mostra uma realidade americana, gostei bastante mesmo do filme… só um comentário, como o Ben Affleck é fraco, meu Deus..

    Abs

  2. Fabio Farzat
    em 31/10/2011 12:23

    Pois é gordinho, ele é muito fraquinho mesmo … mas o filme vale mesmo assim.

Deixe seu comentário